sábado, 25 de julho de 2009

Ouvir o que não dizemos

image

Não raras vezes, ao achegar-nos a Deus, não sabemos o que Lhe dizer. Tudo o que havíamos planejando falar torna-se sem sentido por não expressar exatamente o que gostaríamos de dizer. Outras vezes, começamos a falar, mas percebemos que nossa palavras são vazias e desistimos de orar. Eis aí nosso erro.

Orar não é exercício de oratória ou mesmo de palavras coerentes; orar é derramar o coração diante de Deus. Muitas vezes realmente não sabemos o que falar nem há o que falar, mas isso não significa que não haja o que orar. John Bunyan, autor de O Peregrino, disse que “as melhores orações contêm, freqüentemente, mais gemidos que palavras”. E essa pode ser a mais profunda experiência de oração: estar na presença de Deus, mesmo que nada tenhamos a dizer, simplesmente abrindo nosso coração a Ele, permitindo que Ele mesmo ouça em nós o que não sabemos expressar com palavras.

 

_____

Fonte: JAV

2 comentários

Postar um comentário

Faça o Pr Edmilson feliz: Deixe um comentário respeitoso, gentil, edificante e construtivo. Algo que enriqueça o que foi dito.
Agradeço o tempo que você gastou ao deixar algumas palavras aqui.



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

BlogBlogs.Com.Br