sábado, 30 de janeiro de 2010

O lírio e o cedro

image image

“Ele florescerá como o lírio, e lançará as suas raízes como o cedro do Líbano” - Oséias 14:5

Duas características contrastantes aparecem aqui reunidas no filho de Deus. Acima do solo, por assim dizer, está a simples e não sofisticada vida de confiança e fé, representada pelo lírio que Deus plantou. Isso é o que o homem vê. Enterradas, porém, nas profundezas, longe da vista, dando a essa frágil planta uma fortaleza totalmente insus­peitada, estão as maciças raízes do cedro. Aqui, certamente, está o paradoxo de uma vida na qual a Cruz é conhecida. Externamente é frágil como o botão do lírio sobre a terra, mas secretamente há cem vezes mais força debaixo do solo.

Aqui está a prova. Quanto da minha vida é visto? Quando os homens olham sobre a super­fície, vêem eles tudo, ou há algo mais? Tenho eu, na esfera do invisível, uma história secreta com Deus? Os homens levam em conta apenas o flores­cer do lírio em sua fraqueza. Deus está preocupa­do com as raízes, para que sejam como o cedro em fortaleza.

W. Nee

2 comentários

Postar um comentário

Faça o Pr Edmilson feliz: Deixe um comentário respeitoso, gentil, edificante e construtivo. Algo que enriqueça o que foi dito.
Agradeço o tempo que você gastou ao deixar algumas palavras aqui.



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

BlogBlogs.Com.Br