quarta-feira, 9 de novembro de 2011

A fé em Deus muda o curso de nossa vida

 

image

Pela fé que Raabe, a prostituta...” - Hebreus 11.31

Escrevendo a cristãos que estavam desanimados e querendo voltar para seu antigo estilo de vida religiosa, o escritor da epístola aos hebreus (seja ele quem for) cita personagens do Antigo Testamento. Para homens que queriam voltar à aliança da lei, o escritor mostra que mesmo na época da lei o que agradava mesmo a Deus era uma vida de fé. A fé era a responsável por fazer com que homens e mulheres andassem como que vendo o invisível. Esta fé fez com que essas pessoas caminhassem e vivessem firmados em Deus e na Sua palavra. Essa grande nuvem de testemunhas deram uma demonstração do que Deus é capaz de fazer quando encontra pessoas que confiam nele.

Encontramos nesta lista pessoas tão famosas por sua fé que, mesmo quem nunca leu a Bíblia já ouviu falar delas. Quem é esse que nunca ouviu falar de Noé, de Abraão, de Moisés? Mas, quando chegamos ao versículo 31 aparece uma personagem que aparentemente não deveria estar ali. “Pela fé Raabe, a prostituta...”. isso mesmo! Rodeada pelos gigantes da fé do Antigo Testamento, lá está Raabe... a prostituta. Mas, porque ela está ali? Pelo mesmo motivo que os outros estão: uma fé que agradou a Deus. Uma fé que a fez agir com coragem. Uma fé que mudou sua vida.

O povo de Israel atravessou o Jordão em terra seca, um milagre que era somente uma amostra para o povo de Canaã de quem era o Deus verdadeiro. Esse milagre aconteceu no rio Jordão à altura de Jericó (Js 3.16). Provavelmente o povo daquela cidade testemunhou aquele milagre. Mas, ao invés de se renderem a este Deus, eles fecharam as portas de Jericó e, pior, as portas de seus corações. Os homens tem sim a capacidade de se fecharem para Deus. A cegueira espiritual parece não ter limites. Porém naquela cidade uma pessoa compreendeu que o Deus de Israel, na verdade é o Deus de toda terra. Quem compreendeu isso não foi ninguém menos do que a prostituta Raabe. Ela creu em Deus e manifestou essa fé ao arriscar sua vida para proteger os dois espiões de Israel. Aquela atitude mostrou que sua fé não era teórica. Por manifestar aquela fé, um cordão vermelho foi colocado naquela janela para marca-la como o único lugar que não seria destruído quando Jericó o fosse. Sim, a casa de prostituição se tornou em casa de salvação. Onde abundou o pecado superabundou a graça (Rm 5.20). O que aconteceu com Jericó todos nós sabemos...

Mas, as manifestações da graça e do amor de Deus não pararam por aí.

Uma vez salva da destruição e da morte, Raabe já não era mais uma prostituta, pois a salvação chegou naquela casa. Depois disso ela se casou com um membro da tribo de Judá chamado Salmon. Salmon significa “vestuário”. Deus vestiu Raabe com vestes de justiça (Is 61.10). Ela teve um filho chamado Boás, que se casou com Rute, a moabita. De Boás nasceu Obede, e de Obede, nasceu Jessé, e de Jessé, nasceu o rei Davi. Esta linhagem bendita continua até chegar a Jesus, o Messias, para o sangue de quem o cordão vermelho da janela de Raabe apontava.

A medida que escrevo isso, meu filho me pergunta: e se Raabe tivesse seguido por outro caminho? Provavelmente seu nome não estaria na Bíblia, nem na linhagem de Jesus, nem na galeria dos heróis da fé, e pior, nem no livro da vida. A fé em Deus muda o curso de nossa vida.

Pr Edmilson

5 comentários

Postar um comentário

Faça o Pr Edmilson feliz: Deixe um comentário respeitoso, gentil, edificante e construtivo. Algo que enriqueça o que foi dito.
Agradeço o tempo que você gastou ao deixar algumas palavras aqui.



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

BlogBlogs.Com.Br