quarta-feira, 23 de abril de 2008

Portas Abertas e Amor Fraternal


Ap 3.7-13

Esta igreja e a de Smirna são as únicas que o Senhor Jesus só elogia. Ela é o ideal de Deus. A era Filadélfia é a era do amor e das portas abertas, é a era do reavivamento. O livro de Orlando Boyer, “Heróis da Fé”, nos dá uma idéia da era Filadélfia, uma era em que Deus põe diante da igreja uma porta aberta a qual ninguém pode fechar. Uma era em que multidões se rendem aos pés de Cristo. Esta é a era em que Deus quer seu povo.
Sob o poder do Espírito Santo, o cristianismo continua avançando por terra, mar, ar e através de todos os meios de comunicação. Todos nos maravilhamos com as imagens que o irmão Renhard Bonnke traz da África, de suas reuniões em que chegam a comparecer 500.000 pessoas e grande parte destas se rendem a Cristo. E o irmão David Yong Cho com sua igreja que tem um novo convertido a cada 20 minutos. No Brasil, a cada ano cresce o número daqueles que invocam o nome de Jesus. É claro que ainda há muito trabalho pela frente e que a população do mundo está crescendo, mas, Deus colocou diante de nós uma porta aberta a qual ninguém vai fechar. Em nome de Jesus, estamos na era Filadélfia. Mas, não vamos nos esquecer que a era Filadélfia é marcada não somente pelo avivamento, mas, principalmente pelo amor. Se ela perder o amor, pode até continuar crescendo, mas deixa de ser Filadéfia e entra para a era Laodicéia.

1 comentário

Postar um comentário

Faça o Pr Edmilson feliz: Deixe um comentário respeitoso, gentil, edificante e construtivo. Algo que enriqueça o que foi dito.
Agradeço o tempo que você gastou ao deixar algumas palavras aqui.



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

BlogBlogs.Com.Br