quinta-feira, 17 de abril de 2008

Tu és o Deus que te ocultas

Verdadeiramente, tu és o Deus que te ocultas, o Deus de Israel, o Salvador (Isaias 45.15)
Esta é uma das maneiras mais estranhas de Deus ser apresentado: o Deus que se oculta. Costumamos falar do Deus que se manifesta, do Deus que revela a sua glória. Mas, do Deus que se oculta não falamos muito. O que Isaias quis dizer quando se referiu a Deus desta forma? Vejamos...
Vamos nos recordar de duas vezes em que Deus foi de encontro ao seu povo para salva-lo. Uma delas está no livro de Êxodo. O povo de Israel estava no cativeiro do Egito a quatrocentos anos. Longo período de sofrimento!! Mas, em meio a tanto sofrimento, Deus levantou Moisés para tirá-los desta situação. E como Deus fez isto? Através de sinais e maravilhas. Eram sinais tão claros que os magos de Faraó disseram: “Isto é o dedo de Deus” (Ex 8.19). Eles tiveram que se curvar e reconhecer que aquelas pragas que vinham sobre o Egito não eram meras coincidências. O rio se transformou em sangue, houve trevas nas casas dos egípcios, tumores, rãs, piolhos, morte dos animais. Deus estava fazendo um verdadeiro espetáculo que seria lembrado eternamente. E Ele encerrou o espetáculo com chave de ouro: o mar se abriu para que o povo de Israel pudesse passar! Será que ali Deus poderia ser chamado de “O Deus que se oculta”? Não, é claro que não. Ali Deus se manifestava de uma forma aberta e espetacular.
Mas, houve outro momento difícil para o povo de Israel. Ele está registrado no livro de Ester. Ali o povo de Israel quase foi extinto. Um homem chamado Hamã conseguiu a autorização do rei Assuero para exterminar o povo de Israel. O dia foi marcado e, a morte da nação eleita era só uma questão de tempo. E como Deus agiu desta vez? Bem, para começar, não vemos nenhum profeta se levantando para falar qualquer palavra em nome Deus; não vemos nenhum sinal espetacular; nada de pragas, rio se tornando em sangue, escuridão, colunas de fogo. Nada disso. Não vemos sequer a menção do nome de Deus no livro. Houve uma época em que o livro de Ester foi até mesmo questionado quanto à sua inspiração por causa disso. Um livro que nem tem qualquer referência a Deus incluído no Cânom da Bíblia? Mas, graças a Deus, Ele estava ali o tempo todo!! Deus estava ali trabalhando em todos os detalhes da história, mas de uma forma oculta. Lá estava Ele no momento em que Ester, uma judia, foi escolhida entre tantas milhares para ser a nova rainha (2.17). Foi Ele quem fez com que Mardoqueu descobrisse os planos de dois empregados do palácio para matar o rei e livrou-o da morte (2.21-23). Foi Ele quem usou a rainha Ester para acabar com o inimigo do povo de Deus e dar a ele a sorte que ele planejou para Mardoqueu (7.10). Foi Ele quem fez com que o dia marcado para a morte do povo de Israel se tornasse em dia de festas e alegria (8.17). Foi Ele quem elevou o judeu Mardoqueu a um cargo tão elevado no reino (9.4). O Deus que se oculta estava trabalhando, não de uma forma espetacular, mas sim de uma forma misteriosa.
Em nossa vida é assim. Há momentos que Deus faz um verdadeiro espetáculo e se manifesta de um jeito que é impossível não vê-lo. É uma doença que desaparece instantaneamente; é uma oração pedindo a solução de um problema e, minutos depois, o problema está solucionado; é um “pa-e-pum” que é um verdadeiro espetáculo! Mas...
Sabemos que nem sempre é assim, Há momentos que é necessária uma grande dose de fé para percebermos o trabalho de Deus. Simplesmente, parece que Deus não está fazendo nada. Clamamos, esperamos a resposta, mas, nada (pelo menos é o que parece). O mar parece se recusar a abrir, as muralhas parecem inabaláveis. Perguntamos: “onde está o Senhor Deus de Elias?”, ferimos as águas com a capa mas elas não se dividem como aconteceu com Eliseu (2 Re 2.14). O que será que está acontecendo? Deus foi dormir? Não! De jeito nenhum! O guarda de Israel não dorme nem tosqueneja (Sl 121.4). Ele está trabalhando. Não do jeito que esperamos, nem do jeito que achamos que ele deveria, mas, está trabalhando do jeito que Ele quer.
Quando Deus age desta forma misteriosa, Ele espera que tenhamos fé. Queremos um espetáculo, mas ao invés disso, ele trabalha em oculto. Temos que ter fé nesta hora para não falarmos bobagens.
Ele está trabalhando agora mesmo em sua vida, quer você veja isso ou não. Sabe, quando algo é muito grande, é preciso dar alguns passos para trás a fim de podermos enxergar sua grandeza. Se você puder dar uns passinhos para traz agora e começar a ver sua história, seu problema, o momento difícil que estiver vivendo, poderá ver a grande mão de Deus trabalhando em sua vida. Veja-o nos livramentos, nas palavras de outras pessoas, numa mão amiga, na força que você recebe para agüentar o que normalmente você não agüentaria, veja-o na paz em seu coração.
O Deus que se oculta está ai, pertinho de você, e trabalhando, trabalhando muito.
Não terá sido Ele que o levou a ler esta mensagem?

2 comentários

Postar um comentário

Faça o Pr Edmilson feliz: Deixe um comentário respeitoso, gentil, edificante e construtivo. Algo que enriqueça o que foi dito.
Agradeço o tempo que você gastou ao deixar algumas palavras aqui.



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

BlogBlogs.Com.Br