quinta-feira, 6 de novembro de 2008

A Árvore Privilegiada

Então Jesus contou esta parábola: — Certo homem tinha uma figueira na sua plantação de uvas. E, quando foi procurar figos, não encontrou nenhum. Aí disse ao homem que tomava conta da plantação: “Olhe! Já faz três anos seguidos que venho buscar figos nesta figueira e não encontro nenhum. Corte esta figueira! Por que deixá-la continuar tirando a força da terra sem produzir nada?” Mas o empregado respondeu: “Patrão, deixe a figueira ficar mais este ano. Eu vou afofar a terra em volta dela e pôr bastante adubo. Se no ano que vem ela der figos, muito bem. Se não der, então mande cortá-la.” – Lc 13.6-13


Uma figueira plantada no meio da plantação de uvas! Isso fala de uma figueira privilegiada. O contexto mostra que Jesus estava se referindo ao povo de Israel. Mas, naturalmente, a lição se estende ao todo aquele que é colocado em posições privilegiadas por Deus. O que Deus espera de alguém assim é que ele dê frutos. Quem nos plantou, cuida de nós e investe em nós, e vem constantemente examinar para ver se valeu a pena. O ruim é quando tudo o que ele encontra são folhas. Folhas apontam para a aparência. Muitas vezes é somente isso que Deus tem encontrado em muitos. Quando isso acontece, primeiro Deus espera, espera e espera. Mas, o dia chega em que Deus diz “Chega”. A figueira privilegiada estava ocupando inutilmente a terra e tirando sua força. Já pensou! Quem não dá frutos ocupa lugar inutilmente e ainda tira a força da terra, ou seja, atrapalha os outros. Estes não dão frutos e ainda atrapalham os outros de dar. Por isso o Dono tem que dizer “Chega”.
Mas ainda tem o empregado. Este pede ao Dono que tenha paciência e espere mais um ano, pois Ele vai trabalhar na terra e adubá-la para ver se a figueira reage. Este Empregado aponta para Jesus, o nosso Advogado. Ele não discorda de que se a figueira não der frutos terá que ser cortada. Ele só pede que o Dono espere mais um pouco. Além de Jesus, temos nessa vida pessoas que intercedem por aqueles para quem o tempo está se esgotando. Estes são o motivo de alguns ainda estarem ocupando seus lugares. Os intercessores adubam a terra das figueiras estéreis com suas orações e palavras. Louvamos a Deus pelos intercessores!
Mesmo com a intercessão e auxílio de Jesus e dos Seus intercessores, cabe à figueira reagir. Ou ela dá frutos ou então terá que ser cortada para que outra árvore ocupe seu lugar e de seus frutos.



Que Deus tenha misericórdia de nós!!

1 comentário

Postar um comentário

Faça o Pr Edmilson feliz: Deixe um comentário respeitoso, gentil, edificante e construtivo. Algo que enriqueça o que foi dito.
Agradeço o tempo que você gastou ao deixar algumas palavras aqui.



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

BlogBlogs.Com.Br