domingo, 28 de dezembro de 2008

Não por força nem por violência

Deus_Existe

Mas aquele que estava maltratando o outro empurrou Moisés para um lado e disse: Quem pôs você como nosso chefe ou nosso juiz? – At 7.27

Moisés viu um egípcio maltratando um hebreu e foi socorrê-lo. Moisés matou o egípcio. Deus tinha o propósito de fazer de Moisés o libertador do povo de Israel, mas isso deveria acontecer do jeito de Deus e no tempo de Deus. Querendo ser um libertador do seu jeito e no seu tempo, primeiramente Moisés teve problemas com o próprio povo. "Quem te colocou como juiz sobre nós" disse um deles a Moisés. Sim, o Moisés que queria ser o libertador do povo foi por ele rejeitado. E depois disso, ele teve que fugir, pois teve problemas com o governo que queria matá-lo. Assim acontece quando queremos ajudar, mas não sabemos aguardar o tempo e os métodos de Deus. Assim é quando vemos certas situações em nossa volta e queremos consertá-las "na marra". Quando agimos assim somos mal compreendidos até mesmo por aqueles a quem queremos ajudar e não consertamos nada. Quando agimos assim corremos o risco de nos tornarmos aquilo contra o que estamos lutando. Diz a Bíblia que Deus ouviu o gemido do povo e que viu seu sofrimento (Ex 3.7). Deus vê todas as coisas e com certeza irá tratar com cada uma delas. Na maioria das vezes ele usará pessoas para mudar as situações, mas tudo do seu jeito e no seu tempo.

É claro que isso não é um convite à passividade, mas sim um convite para se confiar em Deus. Devemos nos colocar à disposição de Deus para que ele nos use naquilo que Ele quiser, mas sem precipitações e tudo na força e no amor de Deus.

Moisés era poderoso em palavras e obras e por isso achou que conseguiria libertar o povo da escravidão. Mas, tivesse ele conseguido e seria levantado um monumento a ele. Deus não dá Sua glória a ninguém!

Moisés teve que sair do palácio e fugir para Midiã onde trocou o cetro de ouro pelo cajado de pastor. O homem que matou um egípcio se tornou o mais manso da terra (Nm 12.3). O homem que se julgava capaz de libertar o povo da escravidão teve que chegar ao ponto de não se julgar capaz nem de falar com faraó. Ele estava quebrantado! Agora sim Deus poderia usá-lo para por as coisas em ordem.

3 comentários

Postar um comentário

Faça o Pr Edmilson feliz: Deixe um comentário respeitoso, gentil, edificante e construtivo. Algo que enriqueça o que foi dito.
Agradeço o tempo que você gastou ao deixar algumas palavras aqui.



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

BlogBlogs.Com.Br