quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Quando o meninão ficar velho

homem_envelhecendo_progressivamente_450


Quando você era moço, você se aprontava e ia para onde queria. Mas eu afirmo a você que isto é verdade: quando for velho, você estenderá as mãos, alguém vai amarrá-las e o levará para onde você não vai querer ir. Ao dizer isso, Jesus estava dando a entender de que modo Pedro ia morrer e assim fazer com que Deus fosse louvado. Então Jesus disse a Pedro: —Venha comigo! Jo 21.18,19



Quando se é moço o que mais se presa é a liberdade. Não há nada melhor do que se aprontar e ir para onde se quer ir, pois, afinal de contas, quando se é moço existe uma certeza imensa de saber para onde quer ir, do que quer fazer e o que está fazendo. Se alguém se coloca no caminho, puxa-se a espada e corta-se a orelha deste. Nesta fase caminhamos por cima das águas num momento e no outro estamos afundando. Num momento somos inspirados por Deus no falar e recebemos revelação do Pai, mas no outro, falamos como o adversário e não entendemos as coisas de Deus, mas somente as dos homens. Nesta fase queremos consertar o mundo, pois lá no interior nos sentimos melhores do que o mundo todo. Nesta fase achamos que amamos tanto a Jesus que seríamos capazes de morrer por ele, mas o negamos até diante de uma empregada. Mas estamos caminhando. E se estamos caminhando, a fase da mocidade vai passar e chegará o momento em que seremos velhos.


Antes de chegar este dia o moço passa por um cirandar em que toda palha de sua vida é jogada para cima e soprada pelo vento. Quando a palha é soprada, pouca coisa resta, poucos grãos, mas é isto que a pessoa é de verdade. Desvencilhado da palha, o grão de trigo cai na terra e morre. E como é ruim morrer. Como dói. Mas se o grão de trigo não cair na terra e não morrer ficará só. Mas se ele se entregar, cairá na terra, romperá a casca e brotará cheio da vida verdadeira. Esse cair na terra vem acompanhado de choro amargo, de assombro pelo que se viu no espelho. É tão dolorido que o homem pensa em desistir e chega a dizer: “Chega disso! Quer saber? Vou pescar. Vou voltar ao que fazia antes. Fracassei”. É ai que Jesus chega na praia e mostra que não desistiu dele e manda que vá apascentar o rebanho. O Mestre sabe todas as coisas e sabe que esse garotão o ama. O Mestre sabe que ele tem futuro. Só estava faltando dar de cara consigo mesmo e ver que se não for a Graça ele nunca será a rocha que foi chamado para ser. O Mestre só quer uma coisa: “Vem e me segue”. O garotão está crescendo.


Se antes ele se vestia e ia para onde queria, agora ele irá aprender a ir onde não quer e fazer o que não quer, desde que o Mestre assim o queira, pois, como velho, o que lhe importa é fazer com que Deus seja louvado ainda que seja morrendo. O meninão ficou maduro.

4 comentários

Postar um comentário

Faça o Pr Edmilson feliz: Deixe um comentário respeitoso, gentil, edificante e construtivo. Algo que enriqueça o que foi dito.
Agradeço o tempo que você gastou ao deixar algumas palavras aqui.



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

BlogBlogs.Com.Br