domingo, 6 de setembro de 2009

Nunca ficamos desanimados

image

Por isso nunca ficamos desanimados. Mesmo que o nosso corpo vá se gastando, o nosso espírito vai se renovando dia a dia. E essa pequena e passageira aflição que sofremos vai nos trazer uma glória enorme e eterna, muito maior do que o sofrimento. Porque nós não prestamos atenção nas coisas que se vêem, mas nas que não se vêem. Pois o que pode ser visto dura apenas um pouco, mas o que não pode ser visto dura para sempre. – 2 Coríntios 4.16-18

Ao ver os irmãos em Roma, Paulo se animou (At 28.15). Quer dizer que ele estava desanimado. Também... Quase linchado em Jerusalém, preso, julgado debaixo de mentiras e calúnias, levado preso em um navio cheio de outros presos, no meio do caminho uma tempestade quase mata a todos, na ilha em que foram parar foi picado por uma cobra venenosa. Depois de tudo isso, sendo de carne e osso, Paulo se sentiu abatido. Mas, lá vieram os irmãos encontrá-lo e mostrar que ele não estava sozinho. Aquela recepção animou o espírito de Paulo.

Ao escrever aos coríntios, Paulo disse que nunca ficava desanimado. Isso não quer dizer que o desânimo não batia à porta de seu coração. Paulo sabia muito bem o que era ficar desanimado, mas, aqui ele nos ensina que temos que aprender a reagir quando o desânimo vem. Se entregar ao desânimo leva à depressão e a coisas piores. Paulo aprendeu a ver as coisas na perspectiva de Deus. Ele sabia que seu corpo estava ficando desgastado de tanta pancada e que a idade trazia seus efeitos sobre ele, mas, seu espírito se renovava a cada dia. Os sofrimentos, ele diz que são leves (!!!), pois Deus não deixa que nada venha sobre nós que não possamos suportar, e são passageiros, pois não há tribulação que não passe. A certeza da glória que vem depois do sofrimento, nos ajuda a enfrentar tudo. Nossos sofrimentos são visíveis, portanto são passageiros. As bênçãos que vem depois deles são eternas.

Paulo não era um pregador de auto-ajuda, não era um homem que cria no poder do otimismo pelo otimismo. Ele era um homem que tinha esperança. Eis aí um remédio contra o desânimo:

Esperança.

Pr Edmilson

14 comentários

Postar um comentário

Faça o Pr Edmilson feliz: Deixe um comentário respeitoso, gentil, edificante e construtivo. Algo que enriqueça o que foi dito.
Agradeço o tempo que você gastou ao deixar algumas palavras aqui.



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

BlogBlogs.Com.Br