sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Lidando com a ansiedade

image

Filipenses 4:4-7.

“Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, alegrai-vos”. Precisamos saber que “alegrai-vos” é uma ordem de Deus. Deus nunca nos ordena fazer algo que não conseguimos. Note que aqui a Bíblia diz que você não tem de alegrar-se em si mesmo. Pelo contrário, ela diz: “Alegrai-vos sempre no Senhor”. De uma coisa estamos certos: alegramo-nos não por causa das circunstâncias ao nosso redor, mas por causa do nosso Senhor. Ainda assim, porquanto tantos estão inclinados a esquecer – hoje ouvem isso e amanhã esquecem – Paulo imediatamente acrescenta: “... outra vez digo, alegrai-vos”.

“Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens”. “Moderação” no texto original tem o sentido de equilíbrio. Aquele que enfrenta uma pequena dificuldade e parece que está sob a pressão de uma enorme montanha, então isso não é equilíbrio.

“Perto está o Senhor”. O Senhor está perto, e Ele está ao meu lado, por isso devo alegrar-me.

“Não andeis ansiosos de coisa alguma”. No versículo anterior, é-nos dito para nos alegrarmos, e agora para não ficarmos ansiosos com nada. Uma vez que o Senhor está perto, devemos nos alegrar.

“Em tudo, porém, sejam conhecidas diante de Deus as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graça”. Seria bom se tomássemos tudo o que enfrentamos e o colocássemos, item por item, nas mãos de Deus. Não devemos continuar a permitir que a preocupação faça pressão sobre nós; antes, devemos colocá-la do lado de Deus. Podemos ter essa saída porque temos o Senhor e porque Ele está perto.

A Bíblia menciona não só a oração e súplica, mas também ações de graça. Precisamos nos lembrar: tudo o que nos sobrevém é colocado em nossas mãos e é proveniente das mãos que foram traspassadas, e é or­denado pelo Senhor que morreu por nós. Por isso, podemos de antemão agradecer a Deus: "Oh, Deus, Tu não podes errar”.

Se em todas as coisas você tornar conhecidas de Deus as suas petições, pela oração, súplica e ações de graça, então haverá o melhor resultado:

"E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e as vossas mentes em Cristo Jesus". O termo "guardar" no original é um termo militar. Também pode ser traduzido como "vigia", ou "guarnição". Nenhuma preocupação exterior pode penetrar a paz de Deus em nossos corações.

"Alegrai-vos sempre no Senhor", "não andeis ansiosos de coisa alguma" — essas são as Suas ordens. "A paz de Deus, que excede todo o enten­dimento, guardará os vossos corações e as vossas mentes em Cristo Jesus" — essa é a Sua promessa. Se vocês obedecerem à Sua ordem, Ele cumprirá a Sua promessa.

W. Nee (adaptado).

3 comentários

Postar um comentário

Faça o Pr Edmilson feliz: Deixe um comentário respeitoso, gentil, edificante e construtivo. Algo que enriqueça o que foi dito.
Agradeço o tempo que você gastou ao deixar algumas palavras aqui.



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

BlogBlogs.Com.Br