quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Conhecer e experimentar

image 

Conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor: como a alva, será a sua saída; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra. – Oséias 6.3

Há duas maneiras de conhecer as coisas. Uma é a noção e o conceito formulados pela mente: tenho idéia sobre alguma coisa. A outra faz parte da própria vida: conheço algo pela minha experiência interior. Um cego que seja inteligente pode conhecer tudo o que a ciência ensina sobre luz, contanto que alguém leia para ele livros pertinentes ao assunto. Entretanto, uma criança, ou mesmo uma pessoa inculta, mesmo que jamais tenha pensado a respeito da luz, conhece-a muito melhor do que aquele cego erudito. Este conhece tudo o que é possível sobre a luz por intermédio do seu pensamento, mas a criança conhece a luz perfeitamente bem por vê-la e por desfrutá-la.

Acontece a mesma coisa em relação a Deus. A mente de uma pessoa pode formar pensamentos sobre Deus e conhecer todas as doutrinas, sem que o seu íntimo conheça o real poder de Deus. É por essa razão que as Escrituras dizem: “Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor” (1 João 4.8). A pessoa pode saber tudo acerca de Deus e acerca do amor; pode ser capaz de formular lindos pensamentos a respeito do amor, mas, se não amar, não O conhece. Somente o amor pode conhecer a Deus. Conhecer a Deus na experiência é a vida eterna (Jo 17.3).

Andrew Murray (Adaptado)

2 comentários

Postar um comentário

Faça o Pr Edmilson feliz: Deixe um comentário respeitoso, gentil, edificante e construtivo. Algo que enriqueça o que foi dito.
Agradeço o tempo que você gastou ao deixar algumas palavras aqui.



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License

BlogBlogs.Com.Br